5 maneiras de usar a sua nota do ENEM 2017
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...

5 maneiras de usar a sua nota do ENEM 2017

A nota do ENEM – Exame Nacional do Ensino Médio – possibilita que o candidato participe de vários processos seletivos. Ela passou a ser usada como um dos principais critérios de classificação – e, em muitos casos, único -, em vários programas do governo e também em processos seletivos privados de escolas de todo o país.

Existem muitas formas de utilizar a nota do ENEM, veja algumas delas (Imagem: Divulgação)

Hoje em dia tirar uma boa nota no ENEM é quase como uma obrigação do estudante, pois assim ele terá mais chances de realizar o curso que deseja. Muitos cursos possuem notas de corte baixas, o que é um alívio para os candidatos interessados na área. Ainda assim, quanto melhor você se sair, melhores são suas chances. Se você está aguardando o resultado do ENEM 2017, previsto para sair em janeiro, veja 5 maneiras de usar a sua nota, a seguir.

1 – SISU

O SISU – Sistema de Seleção Unificada – é um programa do governo federal que foi criado especialmente para tornar a nota do ENEM o único critério de classificação das universidades públicas. Como todas estavam adotando a nota, o governo pensou em uma maneira de criar um sistema unificado para ofertar as vagas.

Sendo assim, todo início e meio de ano as universidades públicas disponibilizam suas vagas pelo SISU e selecionam os candidatos com base em seus respectivos desempenhos no ENEM. É possível concorrer nas modalidades de ampla concorrência, cotas raciais e cotas sociais. As inscrições tendem a durar apenas uma semana e é possível se inscrever para até duas opções de curso. O SISU possui apenas uma chamada regular, acompanhada da lista de espera. Mais informações sobre o processo seletivo você encontra em seu próprio site.

2 – ProUni

O ProUni – Programa Universidade para Todos – também é um programa do governo federal brasileiro, mas nesse caso voltado para o ensino privado. Ele oferece bolsas de estudo integrais e parciais a estudantes que tenham participado da última edição do ENEM e obtido uma nota igual ou superior a 450 pontos. Além disso, também é preciso ter uma renda compatível: as bolsas integrais são destinadas aos estudantes com uma renda familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa, enquanto as bolsas parciais são para estudantes com renda familiar de até três salários mínimos.

Um processo seletivo acontece a cada semestre, permitindo que os estudantes se inscrevam também para duas opções de curso. O ProUni possui duas chamadas regulares, além da lista de espera. Centenas de universidades privadas de ensino superior disponibilizam suas vagas por meio do programa, permitindo que jovens de todo o país estudem pagando menos ou nada.

3 – FIES

 

Financiamento pelo FIES com a nota do ENEM (Imagem: Divulgação)

O Financiamento Estudantil é mais uma alternativa para quem deseja ingressar no ensino privado superior. Na verdade, para poder contratar o FIES, o aluno já deve estar com a vaga garantida na escola. Com o FIES o aluno começa a pagar as mensalidades do curso somente depois de já estar formado; durante todos esses anos, paga somente uma taxa a cada três meses referente às taxas de juros do financiamento.

Para solicitar é preciso ter conta em banco e conferir se a universidade na qual está matriculado oferece essa opção.

4 – Educa Mais Brasil

Já o Educa Mais Brasil é um programa de iniciativa privada, mas também voltado para o ensino privado brasileiro. O programa oferece bolsas que podem chegar a 70% de desconto, tanto para graduação, quanto para educação básica e cursos de idiomas. Para participar é preciso apenas ter feito o ENEM e possuir uma renda não muito alta, de preferência compatível com a bolsa selecionada.

As inscrições no Educa Mais Brasil ficam abertas durante o ano inteiro, sendo assim, você pode sempre pesquisar as novas vagas e ingressar a qualquer momento.

5 – Cursos técnicos profissionalizantes

Você sabia que sua nota do ENEM também pode ser usada para ingresso em cursos técnicos profissionalizantes? Isso mesmo. Várias instituições de ensino técnico, sejam elas públicas ou privadas, realizam processos seletivos onde os candidatos usam a nota do ENEM para serem classificados.

Cursos técnicos com a Nota do ENEM 2017 (Imagem: Divulgação)

Exemplos disso são as escolas do SENAI e do SENAC, que estão sempre abrindo novas oportunidades em todo o país.

Recomendados para você:

Pela Web