Prouni 2017, Prouni Bolsa Parcial, Faculdades Participantes
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...

Prouni Bolsa Parcial

Você que sempre sonhou em fazer uma faculdade, mas não iniciou por falta de condições; ou está cursando uma faculdade particular, mas está difícil arcar com a mensalidade alta todos os meses, não perca a chance de conseguir uma bolsa no Prouni!

Além Prouni Bolsa integral, há a opção de Prouni Bolsa parcial, que pode ser a saída para você que ainda não tem diploma de ensino superior. Para quem não conhece essa modalidade, vamos explicar como fazer para se inscrever e concorrer a uma bolsa parcial, onde o candidato tem a cobertura de 50% da mensalidade. Uma ajuda e tanto, não é?

Acompanhe o artigo para conhecer as características desse benefício!

Prouni: O que é Prouni Bolsa Parcial?

O Prouni – Programa Universidade para Todos foi lançado em 2004 pelo Governo Federal e é mantido pelo Ministério da Educação. O objetivo é conceder bolsas integrais e parciais a estudantes de faculdades particulares.

Esse programa foi criado juntamente com o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), para desta forma, utilizar a nota desta avaliação como note de corte para quem for concorrer a uma bolsa.

Prouni Bolsa Parcial

Prouni Bolsa Parcial. Imagem:divulgação

Como dissemos, existem dois tipos de bolsas que os alunos podem concorrer:

Prouni Bolsa Integral: A bolsa cobre 100% da mensalidade, ou seja, o valor total durante o curso todo, com a duração de 2, 3 ou 4 anos, sendo licenciatura, bacharelado ou tecnólogo.

Prouni Bolsa Parcial: A bolsa cobre 50% da mensalidade, ou seja, metade do valor total durante o curso todo com a duração de 2, 3 ou 4 anos, sendo licenciatura, bacharelado ou tecnólogo.

Ao conseguir a bolsa parcial, já cursando a faculdade, você deverá, a cada semestre ou a cada ano (dependerá do cronograma da instituição), assinar o chamado “Termo de Bolsa”, para continuar recebendo o benefício.

Prouni Bolsa Parcial: Requisistos Enem

Para concorrer a uma bolsa parcial no Prouni o candidato deve preencher alguns requisitos obrigatórios determinados pelo MEC.

Como um dos intuitos é ajudar pessoas de baixa renda a entrar em uma faculdade, há critérios econômicos como nivelamento, além do histórico escolar do aluno no ensino médio e a nota retirada no ENEM. O candidato interessado em se inscrever no Prouni Bolsa Parcial deverá atender as seguintes condições:

Ter feito o ENEM do ano anterior à inscrição no Prouni. Por exemplo, se você for concorrer a uma bolsa para o ano de 2017, deve ter participado do Enem em 2016;

Ter conseguido uma pontuação mínima no ENEM anterior estabelecida pelo MEC. Deve ter tirado 450 pontos na média das cinco provas de conhecimentos e mais que zero na prova de Redação.

Acesse e saiba mais informações: As Faculdades mais Baratas e as mais Caras do Brasil

Prouni Bolsa Parcial: Requisitos Renda Familiar

O aluno, ao se inscrever no Prouni, em qualquer ano, deverá comprovar sua renda familiar atual. Os dados são inseridos no sistema ao solicitar a bolsa e serão comprovados posteriormente pela equipe da faculdade se você for chamado.

Confira qual a renda mínima necessária para concorrer os dois tipos de bolsa do Prouni:

Bolsa parcial: ter renda familiar, por pessoa, de até três salários mínimos (R$ 2.370).

Bolsa integral: ter renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio (R$ 1.185).

Além disso o estudante deve se encaixar em algum dos grupos abaixo, relacionados ao tipo de escola cursada no Ensino Médio, veja se é o seu caso:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola pública
  • Ter cursado o ensino médio completo em escola privada com bolsa integral da instituição
  • Ter cursado todo o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição
  • Ser pessoa com deficiência
  • Ser professor da rede pública de ensino básico, em efetivo exercício do magistério, integrando o quadro permanente da instituição e concorrendo a vagas em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia.Neste caso, a renda familiar por pessoa não é considerada.
Prouni Bolsa Parcial

Prouni Bolsa Parcial. Imagem:divulgação

Todos esses critérios serão avaliados pela comissão do Ministério da Educação antes da primeira convocação dos estudantes. Vale lembrar que o aluno que o aluno que tiver melhores notas no ENEM terá prioridade no momento de escolher a faculdade que quer cursar e o curso. O desempate será feito após a avaliação da renda.

Prouni Bolsa Parcial: Como Funciona o Prouni 2017

Hoje em dia, o Prouni é um dos principais programas de bolsas de estudo. As regras do Prouni 2017 são basicamente as mesmas das edições anteriores e os pré-requisitos são os mesmos.

Para participar é necessário ter realizado o Enem de 2016, obtido uma nota geral mínima de 450 pontos e não ter zerado a redação do exame. No entanto, é importante saber que mesmo tendo cumprido todas essas etapas nem todos podem se inscrever no programa.

Apenas candidato que tenham concluído o ensino médio todo em rede pública ou particular, desde que tenha bolsa integral. Estudantes com deficiência também podem tentar uma bolsa de estudos.

Acesse e saiba mais informações: Prouni 2017 – Prouni Universidades Participantes

Bolsa Integral Prouni Como Funciona

No Prouni existem dois tipos diferentes de bolsas de estudos: bolsa integral (100%) e parcial (50%). Na bolsa integral o candidato não precisa arcar com nenhum custo. O valor total da mensalidade é pago pelo Governo Federal.

Mas fique sabendo que não é qualquer pessoa que pode concorrer as bolsas integrais. Apenas pessoas que pertencem a famílias que a renda bruta mensal por pessoa seja de até um salário mínimo podem participar.

O que é Poruni e Sisu

O Prouni é um dos principais programas desenvolvidos pelo Governo Federal. Milhares de pessoas já foram beneficiadas com bolsas de estudos. O Prouni oferece bolsas de estudos integral e parcial.

O Sistema de Seleção Unificada, também conhecido como Sisu, é um programa bem parecido com o Prouni, a forma de inscrição funciona da mesma maneira, o objetivo também na mesma linha. A diferença entre os dois é que o Prouni é voltado para ingresso em instituições privadas, enquanto o Sisu é para faculdades públicas.

Para participar de ambos programas o primeiro passo é fazer as provas do Enem. É necessário pagar uma taxa de inscrição para fazer o Enem que custa R$ 82,00. Mas a inscrição tanto para o Prouni quanto para o Sisu é totalmente gratuita.

Prouni 2017

O Prouni é um programa desenvolvido pelo Governo Federal e administrado pelo Ministério da Educação. Esse programa tem como objetivo o incentivo ao estudo, por meio do oferecimento de bolsas de estudos. Essa é uma oportunidade única para aquelas pessoas que não tem condições de arcar com o custo da mensalidade de um curso do ensino superior.

Acesse e saiba mais informações: Prouni abre INSCRIÇÃO para 77 mil bolsas em universidades privadas nesta segunda!

Sisu Como Funciona?

O Sisu é um programa que funciona através de um sistema de inscrição e seleção. O único trabalho que os candidatos têm é de realizarem a sua inscrição no site oficial do programa. Depois de finalizada a inscrição, fica sob responsabilidade do próprio sistema do Sisu a seleção dos candidatos que obtiveram a melhor nota no Enem.

O que é Fies?

O Fies é um financiamento estudantil. Para aqueles que não sabem, um financiamento é uma forma de empréstimo onde o beneficiário precisa do dinheiro para usar/comprar algo especifico.

Fies Como Funciona

Diferentemente dos demais programas do Governo Federal, o Fundo de Financiamento Estudantil é um programa de fluxo continuo. Em outras palavras, os interessados podem solicitar o financiamento a qualquer momento do ano.

Fies. Imagem:divulgação

Para participar do programa o candidato precisa se inscrever no sistema FIES Seleção. Depois disso o candidato pode realizar a sua inscrição no programa. Se o candidato for pré-selecionado deve entrar no seu cadastro e efetivar a inscrição.

Prouni Nota de Corte

A nota de corte do Prouni é uma média mínima que os candidatos precisam ter para se inscrever em determinada vaga. Cada um dos cursos possui a sua própria nota de corte. Existem alguns fatores que podem modificar diariamente a nota de corte de um curso, são eles: quantidade de candidatos inscritos, curso, instituição de ensino e localização da faculdade.

Inscrições Prouni Bolsa Parcial

Gostou da possibilidade de ter metade de sua faculdade custeada pelo Prouni Bolsa Parcial? Veja como fazer sua inscrição!

As inscrições são abertas todos os anos, uma vez em cada semestre. Geralmente, acontecem nos meses de janeiro e junho. Você pode se candidatar gratuitamente pela internet, no site do Ministério da Educação.

prouni

Prouni. Imagem:Divulgação

Na hora de fazer a inscrição você poderá escolher até duas opções de curso, sendo de faculdades diferentes ou não. As vagas estarão disponíveis para você dependendo da nota de corte, ou seja, de sua classificação no último ENEM.

Prouni Bolsa Parcial – Faculdades Participantes

Há várias faculdades participantes espalhadas por cada canto do Brasil. Todas as instituições, para participar deste programa, são avaliadas e obtêm o reconhecimento de qualidade pelo MEC.

Por isso, é uma ótima alternativa para você que sempre desejou cursar uma boa faculdade. Veja as principais instituições credenciadas no Prouni:

  • Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
  • Universidade Estácio de Sá (UNESA)
  • Universidade Nove de Julho (UNINOVE)
  • Universidade São Judas Tadeu (USJT)
  • Universidade Paulista (UNIP)
  • Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
  • Pontifícia Universidade Católica (PUC)
  • Universidade Presbiteriana Mackenzie (MACKENZIE)
  • Universidade Anhembi Morumbi (ANHEMBI)

Se quiser conhecer todas as faculdades e cursos oferecidos pelo Prouni Bolsa Parcial.

Boa sorte a você e bons estudos!

Recomendados para você:

Pela Web